FAZENDO AS CONTAS

DIÁRIO DO ROMANCE #14 3 de fevereiro de 2020. O ritmo da revisão é diferente da escrita, mais moroso, exige atenção redobrada nos cortes, mais sensibilidade na nova redação do texto e assim vou caminhando. Entretanto, hoje decidi fazer as contas de quanto tempo me resta para concluir a empreitada da última versão do romance @acasadasenhorah, marcada para 21 de fevereiro: tenho agora 18 dias corridos.

Analiso a primeira versão encadernada que me guia nesta revisão e ainda faltam 51 capítulos até o fim, ao que a matemática me responde que devo trabalhar uma média de 2,7 capítulos por dia, incluindo finais de semana. Nesse caso a divisão orienta, mas não resolve, difícil mesmo contar decimais em quantidade de texto escrito. De qualquer forma, posso me orientar por 2 capítulos e um pouco do seguinte para adiantar.

Às vezes paro e olho a tela do computador, o romance vai avançando, sim, mas também parece um pouco de delírio, talvez porque faz 7 anos que comecei este trabalho e de alguma forma ele parecia nunca acabar. Será que isso está acontecendo, de fato? Esse livro terá sua realidade concreta, chegará ao público, será lido? E se for uma decepção, sempre vizinha de longas expectativas criadas? Volto para o romance, não posso pensar nisso, entrego-me à coragem que tem movido os dedos nessas teclas e, depois do parto, será entregue ao mundo e, aí, não será mais meu, mas de quem o for ler.

De hoje até a véspera de Carnaval será uma vertigem, ao lado das outras tarefas a cumprir. Felizmente, meu prazo se encerra quando começará a folia, quando o texto precisará de um descanso, de um distanciamento, para encaminhar à etapa seguinte de produção das ilustrações, editoração do miolo, criação da capa. O calendário é implacável quando tomamos uma decisão, principalmente de curto prazo. Sigamos!

Até amanhã, leitoras e leitores!

Acompanhe o Diário Final do Romance #ACasaDaSenhoraH no blog #EscritaEmProgresso https://www.juarezguimaraesdias.com/blog-escrita-em-progresso

© 2020 Todos os direitos reservados