© 2020 Todos os direitos reservados

PESQUISA

Criado em 2013, o NEEPEC toma a performance como método de pesquisa, investigando formas de comunicação que privilegiam a articulação entre o corpo, as imagens e as palavras. É composto por pesquisadores e estudantes de graduação e pós-graduação.

Pesquisa atualCorpos feitos textos visuais: as narrativas de si como estratégia de resistênciaO projeto se dedica a analisar textos visuais produzidos por sujeitos em situação liminar, por sua orientação sexual, por identidade de gênero ou trânsito. Investigamos em que medida estas narrativas visuais podem funcionar como discursos de resistência diante dos enunciados simbólicos próprios aos crimes de ódio. 

Coordenação: Profs. Carlos Mendonça e Juarez Guimarães Dias

A pesquisa investiga procedimentos e operações de dramaturgia, atuação e encenação de textos narrativos através de pesquisa teórica e práticas experimentais, através de criações e montagens de espetáculos. A proposta concentra-se na "escrita cênica" de obras literárias à princípio destinadas à leitura individual e silenciosa, transportando-as para a linguagem verbal, sonora e visual do teatro, em que o ator é o eixo principal da comunicação dessa textualidade com o espectador. O processo passa pela pesquisa, experimentação, recepção de público e consequente reflexão dos envolvidos. Tem como referências o trabalho do romance-em-cena de Aderbal Freire-Filho (Brasil) e dos romances encenados por João Brites (Portugal) no Teatro O Bando. 

Autor: Juarez Guimarães Dias

As artes performativas e presenciais tornam-se agente de interatividade e comunicação entre marcas e consumidores.  Pretende desenvolver o campo de pesquisa de planejamento e criação em propaganda no contexto contemporâneo, que cada vez mais tem utilizado de estratégias não-convencionais para a promoção e posicionamento de marcas, pela ação presencial e seu desdobramento viral no mundo virtual.

Autor: Juarez Guimarães Dias

 

Hilda Hilst
Vida e obra

A vida e obra da escritora brasileira Hilda Hilst (1930-2004) é tema de pesquisa no campo dos Estudos Literários e também de Dramaturgia e Encenação de Textos Narrativos, que originaram o projeto "Círculo de Atividades Integradas Hilda Hilst" (2002), os espetáculos "A Possessa (A Empresa)" (2003) e "Do desespero de contar uma história ou Da arte de ser um unicórnio". Atualmente, a pesquisa concentra-se na escrita do romance-documental "A Casa da Senhora H" sobre a Casa do Sol, onde a escritora viveu e escreveu a maior parte de sua obra.

Autor: Juarez Guimarães Dias

A formação do ator-artista em processos de criação de espetáculos

Uma experiência singular na formação de jovens atores propõe o desenvolvimento do trabalho de interpretação simultaneamente à criação de um espetáculo. A proposta investe na performatividade narrativa do ator e sua comunicação com o público,  na sua consicência em cena, na pesquisa de uma escrita cênica construída em sala de ensaio (de prerrogativa narrativo-descritiva) e no posicionamento do elenco sobre o material de criação, convergindo sua formação para além dos recursos técnicos, mas sobretudo expressivos e políticos. Foi desenvolvida até o momento nos espetáculos "EuCaio" (2015), "Marilyn Monroe.doc" (2014), "#tudodenós" (2013).

Autor: Juarez Guimarães Dias